Home » Tecnologia » Circuito de ignição por Descarga Capacitiva CDI

Circuito de ignição por Descarga Capacitiva CDI

A ignição por descarga capacitivaCapacitive Discharge Ignition – CDI ) é a evolução do sistema elétrico de ignição de veículos. Antes deste sistema os veículos com motor a explosão utilizavam um sistemas simples, mecânico que usava chaves seletoras ( distribuidor )  e uma chave principal que interrompia e acionava a faísca, esta chave era chamada de platinado.

Já os sistemas de ignição por descarga capacitiva (CDI) tem um rendimento imensamente melhor, sendo mais econômico, melhorando o consumo e potência.

Ignição por Descarga Capacitiva CDI

Este circuito é meramente didático, a ignição CDI tem a função de produzir uma faísca através de uma bobina de ignição por uma descarga de um capacitor através do primário da bobina.

Um capacitor  de 2 uF x 400 Volts é carregado a cerca de 340 Volts e a descarregado de forma controlada por um SCR.

Um oscilador de disparador de Schmitt , que usa um circuito integrado TTL 74c14  e um transistor MOSFET IRF510 são usados para conduzir o lado de baixa tensão de um pequeno transformador de 120Volts x 12 Volts e um duplicador de tensão é utilizado no lado de alta tensão do transformador para aumentar a tensão do capacitor a cerca de 340 volts.

Circuito de ignição por Descarga Capacitiva CDI

Um oscilador Schmitt Trigger semelhante é usado para disparar o SCR em uma cadência de cerca de quatro vezes por segundo. A fonte de alimentação é fechada durante o tempo de descarga para que o SCR pare de conduzir e volte ao estado bloqueado.

O diodo ligado a partir do transistor 2n3904 ao pino 9 do circuito integrado 74C14 faz com que o oscilador  de energia pare durante o tempo de descarga.

O circuito consome apenas cerca de 200 mA de uma fonte de 12 volts e fornece quase o dobro da energia normal de um circuito de ignição convencional.

A alta tensão da bobina é de cerca de 10 KV usando uma abertura de faísca de  3/8 de polegada (spark gap) .

A taxa de faísca pode ser aumentada para, possivelmente, 10 Hertz sem perder muita intensidade faísca, mas é limitado. Para as taxas de ignição mais rápidas, seria necessária uma maior frequência e menor oferta de impedância.

Note-se que a bobina de ignição  apresenta um risco de choque. Tenha cuidado quando operar o circuito.

[Fonte]
Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]