Home » Tecnologia » Circuitos e Esquema de Lâmpada Fluorescente Compacta

Circuitos e Esquema de Lâmpada Fluorescente Compacta

O funcionamento da lâmpada fluorescente compacta com tubo de vácuo é semelhante à lâmpada incandescente comum, sua alta temperatura, de cerca de 900 graus Celsius, gera muitos elétrons que são acelerados pela tensão entre os eletrodos do filamento e atinge os átomos de argônio e mercúrio. O lado interno do tubo é revestido com um  luminófero, que transformam a luz UV para a luz visível. O tubo é alimentado por corrente alternada que funciona em dezenas de Khz, com isso a lâmpada CFL ou Lâmpada Fluorescente Compacta  não “pisca” em comparação com as lâmpadas antigas.

Esquemas de Lâmpadas Fluorescentes Compactas com Reator eletrônico

As lâmpadas fluorescentes compactas tem uma excelente qualidade de iluminação, alta eficiência energética, longa vida útil , excelente distribuição de luz e podem ser usadas em áreas comerciais, industriais ou residenciais.

A lâmpada fluorescente compacta tem um esquema padrão, pouco vai diferenciar um modelo de outro ou uma marca de outra. Apenas a disposição dos componentes na placa, seus valores, potência, o transformador e a proteção interna vão diferir ligeiramente.

O princípio de funcionamento básico é o mesmo desde circuito eletrônico descrito abaixo que usa um transistor 2N3055. Este circuito pode acender uma lâmpada fluorescente de até 40 Watts,  seu  transformador é enrolado em uma haste de ferrite de 10 milímetros de diâmetro e 8cm de comprimento (usada em rádios AM).

Você pode usar o fio de 0,6 milímetros para a bobina primária (58 voltas) e 0,28 milímetro para o secundário (450 voltas). Quando o circuito estiver ligado os picos produzidos pelo transformador poderá danificar o transistor, se não estiver uma lâmpada conectada ao secundário.

Circuito para lâmpada fluorescente
Circuito básico para lâmpada fluorescente

Abaixo é um circuito eletrônico de uma lâmpada de 14 Watt fluorescente compacta com Reator eletrônico tipo espiral da Home Depot (comercial). Esse tipo de lâmpada foi desenvolvida originalmente para substituir as lâmpadas incandescentes, seu funcionamento é similar as fluorescentes tubulares, mas suas dimensões e consumo são bem reduzidas.

 circuito eletrônico de uma lâmpada de 14 Watt fluorescente compacta
circuito eletrônico de uma lâmpada de 14 Watt fluorescente compacta

Abaixo, para se comparar, uma lâmpada Philips Genie de 14 Watts, alguns circuitos usam transistores bipolares, outros podem usar mosfets, tudo depende do fabricante, mas como mostramos os esquemas basicamente são idênticos.

lâmpada philips genie 14w
Lâmpada philips genie 14w Via

Reciclando a Lâmpada Fluorescente Compacta

Os circuitos das lâmpadas são compostos de um retificador de onda, D1 a D4, os osciladores TR1  e TR2 13003 e o transformador L1,L2 e L3. Algumas dicas legais para quem quer reciclar ou consertar as lâmpadas Fluorescentes Compactas é:

1- Verifique se existe fusível e se estão abertos;
2- Faça um inspeção visual para detectar soldas frias, em caso de dúvida re-solde;
3- Meça o filamento do Tubo, os dois filamentos devem estar intactos;
4- Meça os semicondutores como transistores e diodos, com certeza se nenhum item acima estiver danificado um destes estará aberto;
5- Geralmente o transformador, capacitores e resistores não dão problema, mas em caso de curto nos transistores é bom verificar;

Portanto você pode guardar todas suas lampadas e fazer trocas, placas boas por tubos bons, consertar placas e trocar tubos.

Cuidado ao lidar com Lâmpada Fluorescente Compacta!

Os reatores eletrônicos das Lâmpadas Fluorescentes Compactas são perigosas , não só porque eles são normalmente conectados diretamente à rede elétrica, mas também geram muito altas tensões que podem ser letais.

Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]