Home » Ferramentas » Circuito Medidor de Impedância Interna de Bateria

Circuito Medidor de Impedância Interna de Bateria

A impedância da bateria ou a sua resistência interna está diretamente relacionada com a capacidade da bateria, ou seja, a capacidade de ter uma corrente de saída sem queda de tensão. A relação é simples, quanto menor for a impedância da bateria mais preservada e em melhor condição ela está.

A impedância da bateria pode ser aproximadamente medida como uma fonte de tensão em série com uma resistência. A resistência interna de uma bateria depende do tamanho da bateria , das suas propriedades químicas, da idade, da temperatura e da corrente de descarga.

A medição da resistência interna da bateria é um guia para determinar a sua condição, mas pode não ser aplicáveis ​​as condições de ensaio. A medição da impedância usando corrente alternada com uma frequência de 1 kHz, pode subestimar a resistência, como a freqüência pode ser alta demais para levar em conta os processos eletroquímicos mais lentos.

Circuito Medidor de Impedância Interna de Baterias

Este circuito eletrônico apresentado aqui tem a função de verificar a condição de uma bateria de chumbo-ácido e baterias seladas gel com capacidades superiores a 20Ah. O circuito é capaz de comutar uma carga de cerca de 18A a uma taxa próxima de 50 Hz, de modo que a resistência interna da bateria pode ser medida usando um multímetro digital nos terminais da bateria.

Circuitos Medidor de Impedância Interna de Baterias
Circuitos Medidor de Impedância Interna de Baterias

A tensão alternada medida em milivolts é dividida por 10 (isto é, um deslocamento do ponto decimal) é aproximadamente igual à resistência interna da bateria em miliOhms.

Como mostrado, o circuito é bastante simples e se baseia em dois circuitos integrados temporizadores 555 (IC1 e IC2) e um transistor  Mosfet de potência Q1. O funcionamento é simples, o primeiro 555, IC1 funciona como um temporizador monoestável, com um período de 10 segundos.

Quando o interruptor S1 (teste) é pressionado, o pino 3 do IC1, vai para um nível alto durante 10 segundos e com isso permite que IC2 (o segundo 555)  opere como um oscilador astável em 50Hz.

Ele, IC2 por sua vez impulsiona Q1, um transistor Mosfet de potência que está ligado através da carga em série com três resistores 0.22 Ohms por 50 Watts. O IC2 desliga depois de 10 segundos, ou seja, no final do período de tempo monoástavel.

O LED1  indica quando o circuito está ligado a uma bateria, enquanto LED2 acende durante o período de teste da bateria. O termostato não é necessário a menos que o medidor seja usado várias vezes e você queira proteger o circuito de saída contra o sobreaquecimento.

Você não precisa colocar dissipador no transistor Mosfet, mas o termostato e os resistores de 50 Watts  devem ser montados juntos em um dissipador de alumínio, de pelo menos, 2 mm de espessura. Caso queira usar o termostato o modelo é Jaycar ST-3823 70 ° C ou equivalente .

Na prática, a resistência interna das baterias automotivas podem variar entre cerca de 3 mV a 15 mV. Não se esqueça de antes de testar a bateria, verifique se o nível do eletrólito está correto, feito isso, ligar os faróis do carro e medir a tensão DC entre cada ponto da bateria e seu terminal de conexão.

Ele deve ser inferior a 10 mV em ambos os casos; se não, os terminais precisam de limpeza. Uma vez feito isso, você pode desligar os faróis, conecte o testador e prossiga com o teste de impedância interna da bateria.

Certifique-se de conectar as pontas de prova do multímetro diretamente aos bornes da bateria, para ler a resistência interna e não nos terminais da bateria. O autor do projeto é Victor Erdstein e os direitos autorais é da Silicon Chip Eletrônica.

Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]