Home » Tecnologia » Energia Livre

Energia Livre

Atualmente quando se fala em energia livre, a maioria das pessoas logo lembram dos vídeos que mostram a construção de bizarros geradores de energia livre , sempre olhando com deboche para esse assunto, mas com certeza alguns vão imediatamente associar a energia livre aos projetos de Tesla. Mas os geradores de energia livre é um assunto sério, que nada tem a ver com os fakes que vemos pela internet, alias, veja o artigo Dispositivo de Energia Livre Falsos que publiquei anteriormente para facilitar o intendimento deste artigo.

Nicola Tesla pode ser considerado o pai da eletricidade, ele nos deixou inventos maravilhosos, mas existem dois estudos de Tesla que ficaram pela metade e nunca foram terminados. Um é o projeto de transmissão de eletricidade sem fio, e o outro, muito mais ousado foi a geração ou capitação de energia livre. E é sobre energia livre que vamos nos aprofundar neste artigo.

 A verdade sobre Energia Livre

Sim, é possível captar energia a partir da atmosfera, mas não do nada. Tesla teve sucesso em obter energia livre em pequena escala com seus dispositivos, mas para a época onde uma lâmpada incandescente de 100 Watts era um dos dispositivos de baixíssimo consumo, a pouca energia gerada de nada servia. Sendo assim Tesla teria que gerar muita energia livre para que pudesse ser viável para seus experimentos.

Quando comecei na eletrônica eu criei uma teoria, que na realidade já existia (descobri depois ao ler Tesla), mas ela partia do princípio que por exemplo, um transmissor de RF joga 100 Watts em ondas eletromagnéticas na atmosfera, elas são captadas por um rádio e depois amplificadas, mas se tivéssemos uma antena muito, mais muito grande e um circuito sintonizador LC simples, poderíamos converter parte dessas ondas eletromagnéticas na atmosfera em energia elétrica.

Era mais ou menos isso que Tesla queria com a transmissão de energia sem fio, e na geração e captação de energia livre, mas em vez de captar ondas de rádio, Tesla queria captar as anomalias, tempestades, eletricidade estática  e outras fontes elétricas da atmosfera da Terra.

A Energia Livre

Tesla deixou alguns projetos disponíveis, entre eles um gerador de Energia Livre. Se usarmos alguns avanços da eletrônica moderna e os conceitos originais de Tesla, podemos construir um gerador de energia Livre facilmente. É claro que nada comparado as ambições de Tesla, mas com certeza podemos iniciar uma série de testes sobre energia livre.

A concepção popular é que a única energia disponível é de ondas de rádio de baixo nível de transmissores de rádio distantes, e, embora seja verdade que as ondas de rádio podem ser captadas com uma antena, as verdadeiras fontes de energia não são transmissores de rádio.

Atualmente os níveis de ondas de rádio produzidas pelo homem é milhares de vezes maior que no tempo de Tesla, hoje temos telefones celulares, equipamentos WIFI, bluetooth, etc. Em um artigo publiquei um dispositivo que captava energia gerada por um celular no Detector de Radiação Eletromagnética de Telefones Celulares.

 

Nikola Tesla construiu um dispositivo que foi patenteado em 21 de março de 1901, chamado de “Apparatus for the Utilisation of Radiant Energy” ou em português “Aparelho para a Utilização de Energia Radiante“.

Gerador energia livre de Tesla
Gerador energia livre de Tesla

O dispositivo parece simples, mas Tesla afirma que o componente mais critico era o capacitor que precisa ter uma considerável capacidade eletrostática e ele recomenda usar de mica. O circuito recebe energia  através  de uma placa de metal brilhante devidamente isolada. Segundo Tesla quanto maior for a placa maior é a energia captada e quanto mais elevada for a placa, maior a captação de energia.

Circuito de energia livre de Tesla
Circuito de energia livre de Tesla – Via

sistema de Tesla capta energia dia e noite, seu funcionamento é simples, o capacitor é carregado eletricamente e um interruptor de vibração descarrega repetidamente o capacitor para o transformador. O transformador por sua vez reduz a tensão que é então utilizada para alimentar equipamentos elétricos.

Parece provável que este dispositivo trabalhe principalmente com a eletricidade estática, que algumas pessoas acreditam que é uma manifestação do campo de energia livre. O equipamento de Tesla poderia operar alimentado por uma Máquina de Wimshurst em vez de uma grande placa de metal como no circuito acima.

O relâmpago ou raio é descrito por muitos como sendo uma fonte viável de energia livre, principalmente aqui no Brasil, campeão neste tipo de energia, o problema é manipular o raio. Não existe tecnologia capaz de captar e armazenar a energia dos raios, mas muitos cientistas dizem que é inviável pois um raio gera em torno de  500 KWatts, 15 kA em média, a uma temperatura de 30 000 °C, levando em conta que uma usina (se existisse ) por sorte receberia 1000 raios por ano, seu desempenho seria baixo demais.

Realmente a energia atmosférica e estática são as mais viáveis a nível de uso individual, ou seja, que podemos estar captando a partir de pequenos dispositivos para uso domestico. Em um próximo artigo estarei mostrando esses dispositivos que são capazes de captar a eletricidade atmosférica que Tesla criou e que eu mesmo testei.

Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]