Capa » Curso » Forno de Microondas – Como Funciona e Dicas de Conserto

Forno de Microondas – Como Funciona e Dicas de Conserto

Desde que entrou para o hall dos eletrodomésticos imprescindíveis de uma casa, o forno de microondas não teve quase nenhuma evolução, basicamente é o mesmo desde a sua invenção, por volta de 1937. No começo ouve muita polêmica sobre esse método de cozimento de alimentos, mas atualmente já se sabe que os riscos a saúde são zero.

O forno de microondas – como funciona e manutenção

microondas

Introduzido em 1967, o forno de microondas Amana Radarange mudaria para sempre a
forma de preparar as refeições. foto: http://www.smecc.org/

Percy Spencer inventou o primeiro forno de microondas logo após a Segunda Guerra Mundial. Ele construiu esse forno de microondas a partir da tecnologia de radares desenvolvida durante a guerra.

O forno de microondas da maneira que conhecemos foi colocada no mercado pela primeira vez em 1967, mas desde 1947 já era utilizado, só que não para uso doméstico.

O forno de microondas é um aparelho de cozinha que aquece alimentos, bombardeando-o com uma radiação eletromagnética no espectro de microondas, por volta de 2500 MHz, causando o aquecimento dielétrico. Esse processo faz vibrar as moléculas de água que estão nos alimentos, aquecendo-as de dentro para fora.

O Magnetron

Muita gente imagina que as válvulas eletrônicas não existem mais, e que tudo foi substituído por transistores. Mas o principal componente de um forno de microondas é uma válvula eletrônica que é chamada magnetron. Foi com o invento da cavidade de magnetrão, que é capaz de produzir ondas electromagnéticas de pequeno comprimento, ou seja microondas, que tornou-se possível o Forno microondas. O Magnetron era originalmente um componente crucial no funcionamento de radares durante a Segunda Guerra Mundial.

Foi em 1945 que o efeito de aquecimento de um feixe de alta energia de microondas foi descoberto acidentalmente. Percy Spencer, um americano e engenheiro autodidata trabalhava na época em um conjunto de radares ativos quando ele notou que uma barra de chocolate que ele tinha no bolso começou a derreter.

Spencer começou a fazer experiencias, o primeiro alimento a ser cozidos como teste com microondas foi a pipoca e o segundo foi um ovo, que explodiu na cara de Spencer.

 

o magnetron

Foto: http://microwavetech.tk/

A função básica do magnetron é produzir a radiação eletromagnética em microondas com uma potência relativamente alta, entre 300 e 1000 Watts, que é o suficiente para aquecer e cozer os alimentos. Para seu funcionamento é necessário uma fonte de alta tensão com pelo menos  2K Volts .

Partes do Forno microondas

O circuito controlador do Forno microondas

Outra parte importante do forno microondas é o  circuito de controle, que é a CPU do Forno de microondas que geralmente está localizada atrás do painel frontal.

Este circuito  recebe informações do teclado e controla o display, a iluminação, timer, e a fonte de AT do magnetron através de um microcontrolador. Já a parte mecânica do forno de microondas é  formada pelo gabinete, painel, porta e cavidade.

 

Partes do Forno microondas

O Gabinete

O Gabinete é apenas a capa do forno de microondas, geralmente é metálica e serve para proteger as partes internas do microondas. Ela é fixada por parafusos na cavidade, e a cor pode ser cromada, preta, branca, marrom, creme, gelo, grafite, etc. Você pode usar qualquer tinta para pintar o gabinete, desde que seja para o tipo superfície utilizada.

A Cavidade

A cavidade de um Forno microondas é o receptáculo metálico que em seu interior os alimentos são aquecidos e em seu exterior as partes eletrônicas e mecânicas são fixadas.

O seu tamanho é determinado em litros, e quanto mais litros, mais potência o microondas deve ter. A cavidade tem que refletir as microondas emitidas pelo magnetron sobre todo o alimento que estiver em seu interior. Sua pintura é especial, e por isso para a manutenção de riscos e descasques tem que se usar uma tinta especial para fornos de microondas.

tinta especial para microondas branca-bege-preta

A Guia das ondas

Outro item que existe no interior da cavidade é a tampa guia das ondas, ela é muito importante, pois evita a entrada de pô e alimentos  nos dutos onde passam as ondas do magnetron.

guia de ondas para microondas

 

A Porta

Uma das partes mais problemáticas é a portas do forno de microondas. Ele é feita de metal com um vidro no meio. No vão da porta são encaixados as travas e trincos para o travamento junto com a respectiva mola. Na frente da porta vai encaixada ou parafusada um visor que pode ser de vidro ou acrílico.

Na parte interna temos um filme plástico adesivo usado para evitar o acúmulo dos vapores d’água no visor. Em volta da porta temos a moldura plástica para vedar a saída das microondas.

porta do microondas

Na manutenção de colocação dos trincos da porta devemos retirar a moldura de plástico em volta da porta e encaixá-los nos pinos que ficam dentro do vão da porta junto com a sua mola. Há fornos que usam dois trincos individuais e os que usam um trinco único.

A porta é fixada na cavidade por meio de dobradiças que devem ser alinhadas a porta perfeitamente com a parte da frente da cavidade, só após isto apertar os parafusos das dobradiças. Após ajustar, apertar os parafusos,  verifique o ajuste dos trincos que acionam as micro-chaves quando a porta estiver fechada, isso é a segurança para que o forno não funcione com a porta aberta.

Vazamento no forno de microondas

A porta é onde existe a maior possibilidade de vazamento de microondas, principalmente ao redor de selos de porta, dobradiças e ajustes de metal. mas isso pode acontecer em outras partes do forno.

Para saber se o forno de microondas tem algum vazamento de radiação eletromagnética é fazer a medição com um Medidor que é chamado de Detector De Vazamento De Microondas. O Detector De Vazamento De Microondas pode ser analogio ou digital mas o procedimento de teste é o mesmo. Atenção: Nunca ligue o forno de microondas vazio, isso pode danificar o equipamento.

 

detector de vazamento de forno de microondas

 

A medição é feita com o forno de microondas ligado, você deve segurar a ponta sensor do Detector de Vazamento de Microondas contra a porta do forno, movendo lentamente, sempre observando a medição para localizar o defeito.

Geralmente esses equipamentos tem um escala de cor, verde para bom, amarelo para atenção pequeno vazamento e vermelho para grande vazamento. existem outras maneiras de detectar vazamentos de radiação eletromagnética, usando um medidor de intensidade de campo e até celulares.

O Painel

O painel é formado na maioria das vezes pelo teclado de membrana,  placa de controle  e display.  Os fornos microondas atuais  usam dois tipos de displays mostradores, o de cristal líquido ou LED, esse último é o mais usado por seu baixo custo. O display de cristal liquido é pouco usado devido a seu alto custo e além disso  não emitem luz, necessita de uma fonte luminosa para ser visualizado, que chamamos de backlight. Já os de LED geralmente são composto de módulos LED de 8 ou 18 segmentos.

led 8 segmentos

Imagem: arduinoexplained.blogspot.com

Em ambos os casos utilizando-se um multímetro ou mesmo uma fonte de baixa tenção é possível verificar se existem problemas nos displays.

A Placa de controle do Microondas

O esquema de uma placa de forno de microondas é bem simples, ela é basicamente como o mostrado abaixo. Ela  consiste de uma fonte de alimentação de baixa tensão,  um circuito integrado microcontrolador, o display,  transístores,  circuito de alta tensão,  motores e um sistema de iluminação. É claro que cada forno tem seu esquema e diferem um do outro, esse é apenas um exemplo.

 

esquema placa forno de microondas

Imagem: http://ele-tech.com/

 

Teclado tipo Membrana

O teclado tipo membrana é o mais usado nos fornos de microondas. Nesse teclado selecionamos as funções de controle do forno, relógio e timer. O teclado de membrana, basicamente, consiste de três camadas, duas destas são as camadas de membrana de poliéster, contendo traços condutores, geralmente grafite. E uma camada central que é um “espaçador”feita de nylon com um buraco. Quando a tecla é apertada as duas membranas encostam através do buraco do espaçador, colocando em curto a tecla.

membrana de forno de microondas

O componente mais sensível de um forno de microondas é o teclado, já que é muito usado durante a operação, o defeito no teclado de membrana é comum, seja por desgaste dos contatos, ressecamento do plástico e quebra ou mal contato do flat cable. Cada modelo tem um teclado diferente, mas o funcionamento, teste e método de troca são basicamente iguais.

Teste e troca de Teclado tipo Membrana

O primeiro método de testar do  teclado é  mais trabalho e consiste em manter uma tecla pressionada e medir com o multímetro ( na posição continuidade) os pares de terminais dois a dois até encontrar um que o bip soe ou a escala de resistência  indique menos de 1K. Se nada acontecer em nenhum par com a tecla pressionada, a membrana está com defeito.

A outra forma é testar  sem a membrana, conecte a placa no forno sem a membrana. Não esqueça de desligar o primário do transformador  de A.T. Ligue o forno na tomada e com um pedaço de fio (jumper ) toque em cada dois terminais onde a fita do teclado encaixa. Se as funções forem sendo acionadas, a placa está boa e a membrana deverá ser trocada. Se as funções não atuarem, o defeito é na placa.

A membrana é auto colante o painel do forno e antes de colá-la na sua posição definitiva, devemos encaixá-la no conector sem retirar o papel de trás (auto adesivo) e apertar as teclas. Aqui como fazer a substituição de um teclado de membrana por micro chaves aqui.

Segunda parte do artigo Forno de Microondas – Como Funciona e Dicas de Conserto 

Deixe uma resposta