Home » Ferramentas » Ferro de Solda – Guia Rápido sobre Ferro de Solda

Ferro de Solda – Guia Rápido sobre Ferro de Solda

Este artigo é um guia rápido sobre ferro de solda ideal para os iniciantes, que na maioria das vezes acaba por fazer uma escolha infeliz do ferro de solda, dificultando o aprendizado na arte da solda eletrônica. Existem no mercado milhares de tipos de ferros de solda, que vão dos mais  sofisticados com controle de temperatura até os mais simples chineses de baixíssimo custo e por consequência também baixíssima qualidade.

Leve sempre em conta o que você vai fazer com o ferro de solda, é pura besteira você gastar uma fortuna com uma estação de retrabalho de SMD se você só quer fazer pequenas e médias montagens. Mas também não precisa comprar o ferro de solda mais barato e de pior qualidade, vamos encontrar o meio termo e mostrar as diferenças.

Guia Rápido sobre Ferro de Solda

O ferro de solda é uma ferramenta de mão usada para soldar ou dessoldar os componentes, fios, conectores eletrônicos. Ele tem uma ponta no qual esquenta a altas temperaturas  para derreter a solda, de modo que ela possa ficar em estado liquido para a união de duas partes. Um ferro de solda é composto por uma ponta de metal, normalmente feita de cobre, uma resistência que aquece essa ponta, corpo metálico  e um cabo de material isolante térmico.

O aquecimento pode ser feito por gás, liquido ou elétrico, o mais comum é o ferro de solda elétrico, seu aquecimento é feito através da passagem de uma corrente elétrica (pode ser da rede elétrica ou baterias) através de um elemento resistivo de aquecimento (resistência) .

Resistência de ferro de solda
Resistência de ferro de solda

 

Ferros de solda sem fio podem ser aquecidos por combustão de gás armazenado num pequeno tanque, muitas vezes utilizando um aquecedor catalítico , em vez de uma chama. Ferros mais simples, utilizados no passado eram simplesmente um grande pedaço de cobre com uma alça, aquecido por uma fogueira.

Ferro de solda a gás
Ferro de solda a gás

Com uma enorme variedade de ferros de solda disponíveis no mercado, escolher o mais adequado para as suas necessidades pode ser um exercício de paciência e por muitas vezes quase sempre erramos na escolha.  Duas regras simples que pode facilitar sua vida são, perguntar a quem tem mais experiencia ou ler esse artigo de como escolher um ferro de solda para o tipo de trabalho que você pretende executar.

Primeiro existem fatores  sobre um ferro de solda que você deve levar em conta, eles são, o tipo de ferro de solda, o sistema de controle de temperatura e a sua potência.

Tipo de Ferros de solda

Existem basicamente, a nível técnico/amador 4 tipos de ferros de solda, que estão abaixo descritos.

Ferro de solda tipo Lápis ou comum

O ferro de solda tipo Lápis ou comum é o mais básico e simples das ferramentas de solda de eletrônica, ele pode ser usado por hobistas ou mesmo em oficinas de eletrônica mais sofisticadas. Este tipo de ferro de solda é o mais barato, mas seu preço pode variar muito, pois quanto mais sofisticação o ferro é, mais o seu preço vai aumentar.

Ferro de solda
Ferro de solda

Não compre ferro de solda de potência muito alta ou baixa demais, a exposição ao calor durante a solda pode danificar alguns componentes e até mesmo soltar trilhas da placa de circuito impresso, mas a baixa temperatura dificulta o trabalho. Um ferro de solda de 30 Watts ou 40 Watts é o ideal para começar, escolha os de resistência cerâmica, isso evita muitos problemas com estática.

Vantagem

As principais vantagens deste ferro de solda é a fácil utilização, fácil manutenção e baixo preço.

Desvantagem

Sua potência é fixa.

O preço deste ferro de solda gira em torno de R$10,00 a R$150,00.

Ferro de solda tipo Pistola

Esse foi meu primeiro ferro de solda, o tipo pistola durante muitos anos foi o ferro de solda mais usado, o seu funcionamento é simples. Um transformador converte a tensão da rede domiciliar de CA em uma tensão mais baixa, como o enrolamento secundário do transformador  tem apenas algumas voltas, o transformador é capaz de produzir uma baixa tensão só que com uma corrente altíssima.

Ferro de solda tipo pistola
Ferro de solda tipo pistola

Vantagem

Os ferros de solda tipo pistola precisam de um curto tempo de aquecimento e são facilmente ligadoS e desligadoS em tempo muito curto. Isso facilita o trabalho e economiza energia.

 Desvantagem

Ferro muito pesado, ele tem um grande poder de aquecimento para ser usado em placas de circuito impresso finas e pode gerar campos elétricos altos, não deve ser usado em alguns componentes mais sensíveis. Recomendado apenas para usuários intermediários.

O preço deste ferro de solda tipo pistola gira em torno de R$50,00 a R$120,00.

Estações de solda

Uma estação de solda é basicamente um ferro de solda tipo lápis ligado a uma central de controle de temperatura. Esta central pode controlar as configurações de temperatura para a ponta do ferro de solda, através de um controle eletrônico de temperatura que permite definir e manter a temperatura com grande precisão.

Estações de solda
Estações de solda

Vantagem

Estes controladores de temperatura eletrônica automaticamente mantém uma temperatura adequada na ponta do ferro dependendo do trabalho executado. Devido à sua capacidade de controle de temperatura, estas Estação de solda são seguras para ser usado com a maioria dos projetos de solda como solda através de ilhas e componentes de montagem de superfície finas (SMD).

Desvantagem

A desvantagem é o preço se comparado ao ferro de solda tipo lápis, mas com certeza compensa o gasto.

O preço da estação de solda gira em torno de R$100,00 a R$300,00.

 Estação De Retrabalho

Uma estação de retrabalho é uma ferramenta completa e complexa de plataforma de solda que é mais comumente usada por profissionais em oficinas ou na indústria. Estas estações de retrabalho têm uma combinação de várias peças de mão que inclui ferro de solda, pistolas de ar quente, sugador a vácuo, termo-pinça,  etc.

Estação de retrabalho de solda
Estação de retrabalho de solda

A estação de retrabalho é para uso profissional.

O preço da estação de retrabalho gira em torno de R$200,00 a R$600,00.

Ferro de Solda tipo Machadinha

O ferro de solda tipo machadinha é ideal apenas para ser usado em soldas mais específicas como em chassis de aparelhos antigos a válvula, soldagem de malhas e blindagem. Seu uso é profissional.

Ferro de solda tipo machadinha
Ferro de solda tipo machadinha

O preço deste ferro de solda  tipo Machadinha gira em torno de R$100,00 a R$250,00.

Ferro de solda tipo Pinça

Ferro de solda tipo Pinça
Ferro de solda tipo Pinça

O ferro de solda tipo Pinça foi especialmente desenvolvido para trabalho em SMD,  evitando o contato com componentes adjacentes sensíveis as altas temperaturas. A pinça  remoção e colocação de CIs em SMD uma tarefa fácil e rápida. Seu uso é profissional.

O preço deste ferro de solda tipo pinça gira em torno de R$300,00 a R$500,00.

A Temperatura do Ferro de Solda

Existem 3 tipos de ferros de solda com base na temperatura, sem controle de temperatura com controle de temperatura e estações de solda.

Os ferros de solda sem controle de temperatura são geralmente os mais baratos. Você só precisa ligar e estão prontos para usar, uma vez que eles são aquecidos. Estes ferros são os mais adequados para trabalhos de solda doméstica para hobistas.

Já os ferros de solda com controle de temperatura permitem que o usuário tenha a temperatura da ponta do ferro de solda se mantém durante todo o tempo de uso. Estes ferros de soldas são um pouco mais caros do que o ferro de solda básico.

As estações de solda como também as estações de retrabalho tem um controle de temperatura no qual o usuário pode alterar o aquecimento da ponta quando necessário.

 A Potência do Ferro de Solda

Diferente de escolher o tipo de ferro que você deseja usar, você também precisa escolher o tipo de potência que você deseja para seu uso. Um ferro de solda básico fornece potência entre 15 e 30 watts. Ferros de solda com maior potência permite o maior armazenamento de calor, ficando aquecido por um longo período de tempo que também os torna mais adequados para projetos pesados.

 Dicas para usar o Ferro de Solda

Ferros de solda

Ao usar um ferro de solda, lembre-se o seguinte:

Para evitar queimaduras, sempre ache que o ferro de solda está quente. No máximo aproxime a mão para sentir seu calor, nunca toque as partes quentes diretamente com a mão.

Nunca descanse o ferro de solda ligado em qualquer lugar, use um suporte. Esse comportamento pode resultar em incêndio, danos nos equipamentos e ferimentos graves em você.

Nunca utilize uma quantidade excessiva de solda. Gotas de solda que caem do ferro durante o trabalho podem causar queimaduras e curto-circuitos nos equipamentos.

Nunca chacoalhe ou balance o ferro de solda para remover o excesso de solda da ponta. A solda quente pode causar queimaduras e você estaria espalhando solda por todo ambiente de trabalho, use uma esponja para tirar o excesso de solda.

Para limpar a ponta do ferro de solda, utilize um pano de limpeza de fibra natural ou uma esponja vegetal. Nunca use produtos sintéticos, que derretem ou lixe a ponta do ferro. Coloque o pano ou a esponja sobre uma superfície fixa e adequada, em seguida, limpe a ponta do ferro.

Segure pequenas peças a serem soldadas com um alicate, morsa ou um dispositivo de fixação adequado para evitar queimaduras. Jamais segure a peça em sua mão.

Não use um ferro que tem um cabo desgastado ou plugue danificado, faça a manutenção preventiva, evite problemas.

Não solde equipamentos eletrônicos a menos que o equipamento esteja desconectado do circuito da fonte de alimentação.

Detalhes importantes em um ferro de solda

Os melhores ferros de solda para a eletrônica tem pontas intercambiáveis que variam em tamanho e forma para diferentes tipos de trabalho. Ferros de soldas mais antigos e baratos normalmente usam pontas feitas de cobre, estas pontas dissolve-se gradualmente com o uso, sofrem corrosão e erosão mais rápido tendo que ser trocadas regularmente.

Pontas de cobre banhada com outro metal têm se tornado cada vez mais populares, já que a ponta do ferro de solda não tem um rápido desgaste é mais durável do que a ponta de cobre tradicional.Isto é especialmente importante quando se trabalha com temperaturas mais elevadas, onde é necessário para soldas sem chumbo.

Pontas de ferro e de aço sólido raramente são usadas ​​porque elas armazenam menos calor, e a ferrugem pode danificar mais rapidamente.

Como limpar o ferro de solda

Ponta de ferro de solda de Cobre
Ponta de ferro de solda de Cobre sem revestimento

Quando a ponta do ferro de solda oxida e o fluxo queimado se acumula, a solda já não vai aderir na ponta, impedindo a transferência de calor e fazendo o processo de soldagem mais difícil ou até impossível. Esse problema acontece com todos os tipos de soldas para eletrônica, mas são muito mais graves com as soldas sem chumbo,  que exigem temperaturas mais altas do que as soldas de chumbo.

A ponta do ferro deve ser periodicamente limpa

Uma dica para evitar a oxidação da ponta do ferro de solda é manter ela sempre estanhada, a exposição do chapeamento faz com que o processo de oxidação se torne mais rápido. Se a ponta for mantida estanhada com solda  a oxidação é inibida.

Uma pequena esponja vegetal umedecida com água, pode ser usado para limpar a ponta do ferro durante o trabalho. Já quem usa a solda sem chumbo, a limpeza  tem que ser um pouco mais agressiva, por exemplo, usando uma esponja de aparas de metal.  Mergulhar a ponta do ferro em fluxo de solda ajuda a remover a oxidação e manter a ponta do ferro em bom estado.

Como falamos, as pontas de ferro de solda são feitas de cobre revestidas com ferro. Esse revestimento é fino e todo cuidado é pouco para manter ele intacto. A utilização de solda que já contém uma pequena quantidade de cobre pode reduzir a corrosão das pontas de cobre.

Em casos de oxidação grave, que não pode ser removida por métodos mais suaves, a abrasão com algo forte o suficiente pode ser feita para remover o óxido, mas com muito cuidado.

Uma escova de arame de bronze, ou outro material pode ser usado com cuidado. Lixas e outras ferramentas abrasivas podem ser usadas, mas os riscos de danificar o revestimento da ponta do ferro é mais fácil.

Espero ter ajudado a esclarecer as dúvidas sobre os ferros de solda, qualquer coisa entre em contato!

Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]