Home » Ferramentas » Solda para Eletrônica – Dicas

Solda para Eletrônica – Dicas

A solda de eletrônica também chamado de estanho,(dai o termo “estanhar”), e composta de dois componentes básicos, o estanho e chumbo. Mas atualmente o chumbo está sendo banido por seus efeitos nocivos, veremos isso adiante.

A solda para eletrônica

solda em fio para eletrônica
Solda em fio para eletrônica

Existem vários tipos de solda, a mais comum no uso da eletrônica é a solda de fio com fluxo, de 60/40 espessura de 1mm (imagem acima). Mas o que quer dizer 60/40 ?

Liga metálica da Solda

As ligas metálicas são designadas pelas proporções de estanho e chumbo, por exemplo, dizer que a solda é 60/40, significa dizer que há nela 60% de estanho e 40% de chumbo. São comumente encontradas no mercado soldas nas proporções 70/30, 60/40, 50/50 e 40/60. A liga depende muito do uso, levamos em conta que quanto mais estanho a liga tiver, mais baixo vai ser o ponto de fusão. Então uma solda com liga 70/30 vai derreter muito mais rápido que uma solda com liga 40/60.

Barras de Dessoldarem ou Salva Chip

Barras de Dessoldarem ou Salva Chip
Barras de Dessoldarem ou Salva Chip

Um dos exemplos é a barra de dessoldagem que vem em Kits de desoldagem. Essas barras tem uma liga com muito estanho e por esse motivo tem um ponto de fusão muito baixo, quando misturada a solda comum faz com que seu ponto de fusão baixe sensivelmente facilitando a retirado do componente e limpeza do local.

Solda com Fluxo

Na eletrônica as soldas vem com fluxo interno, elas são ocas e este oco é preenchido com o fluxo. O fluxo auxilia a soldagem e melhora a aderência da solda a superfície, abaixo falaremos sobre isso mais detalhadamente.

Solda para SMD

A unica coisa que difere a solda normal para a solda de componentes SMD é a espessura do fio de solda, no mercado estão disponíveis varias espessuras, a mais comum é 1mm, já para SMD é muito usado o fio de solda de .5mm.

Que solda comprar?

Para começar vamos com o que não pode faltar, como já citamos acima, o fio de solda com fluxo de espessura de 1,0mm e liga 60Sn x 40Pb (60/40). Eu sempre usei só essa solda, mesmo para SMD, uma dica bacana para usar essa solda em SMD é esticar o fio, ele é bem maleável e ao esticar ele quase chega aos .5mm.

 Fluxo e Pasta para Solda

Fluxo para Solda
Fluxo para Solda

O fluxo e pasta para Solda servem para facilitar a aderência da solda a uma superfície, ou seja, ela limpa e melhora as superfícies que serão soldadas. Muitos metais não combinam, mas se você usar a pasta ou fluxo de solda o estanho e chumbo vão aderir ao metal com maior facilidade.

Pasta para Solda
Pasta para Solda

Muitas vezes, mesmo que a solda tenha fluxo interno é aconselhável usar o fluxo ou pasta para melhorar ainda mais a aderência e facilitar a solda. A diferença entre o fluxo de solda e a Pasta de solda é que o fluxo é recomendado para a utilização em componentes eletrônicos, já a pasta de solda é ideal para chassis, chapas, isoladores metálicos e locais onde existe grandes superfícies a serem soldadas.

Um dos melhores fluxos são a base de Breu, ele é uma resina mineral obtida como subproduto da destilação do petróleo.

Lead Free – Solda isenta de chumbo

Atualmente as leis, principalmente na união europeia estão abolindo o uso de chumbo na eletrônica, com isso surgiu a solda Lead-Free, uma soldas isenta de chumbo. Todos conhecemos os efeitos nocivos do chumbo na nossa saúde e no meio ambiente. E essa lei veio para limpar e evitar contaminações por conta do chumbo.Lead Free Até aqui no Brasil, onde ainda é permitido usar as soldas com chumbo já existe algumas opções de solda Lead Free (sem de chumbo). As ligas metálicas disponíveis e mais utilizadas são as ligas que tem em sua composição Prata (Ag), Estanho (Sn) e Cobre (Cu), a proporção varia de acordo com cada fabricante, em geral o estanho faz parte de no minimo 95% da liga metálica da solda Lead Free.

Cuidados Com a Saúde na hora de usar a Solda

Apesar de não oferecer riscos para a saúde, você está em contato com metais e outras substancias, principalmente as que formam o fluxo. Recomendo não usar soldas de origem duvidosas ou Chinesas, pois não existem garantias que esses produtos tenham matérias primas livres de substancias toxicas.

Caso você pense em trabalhar horas soldando ou dessoldando considere comprar um exaustor para Fumaça de Solda, existem várias marcas no mercado,  todos são muito eficientes, eles são providos de um filtro de carvão ativado que elimina qualquer fumaça durante o trabalho.

Você não precisa usar luvas, mascaras, óculos ou capacete para realizar uma solda, dessolda ou ressolda na eletrônica, mas algumas dicas podem ajudar a não ocorre riscos durante e apos esse trabalho com a solda.

1 – Durante o uso da solda não aproxime seu rosto do ponto a ser soldados, podem ocorrer pequenas bolhas de solda ou mesmo de fluxo que quando estouram lançam solda e fluxo quente.

2 – Durante o trabalho com a solda evite coçar os olhos, levar o dedo a boca ou mesmo comer enquanto manuseia a solda, isso pode causar contaminação.

3- Evite inalar a fumaça produzida durante o derretimento da solda, ela é proveniente do fluxo de resina, apesar de não ser toxico, não custa evitar.

4 -Após manusear a solda,  lave as mãos.

Conclusão

Não vale a pena economizar na compra de solda, um rolo de 500g de solda fio com fluxo de 60/40 x 1mm custa em média R$ 30 e vai dar para você soldar por alguns anos. Mas se você quiser já começar na onda ecológica e comprar um rolo de solda fio com fluxo de 1mm Lead-free custa em média R$ 80 , mas você terá a garantia de não morrer tão cedo! (Brincadeira) Já o Fluxo e Pasta é mais para o uso profissional e não precisa ser comprado.

As marcas que recomendo são Cobix , Cast e best .

Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]

Deixe uma resposta