Home » Circuitos » Transmissor de FM Veronica 1 Watt

Transmissor de FM Veronica 1 Watt

Existem circuitos eletrônicos que acabam por ficar famosos e receber até nomes, este é o caso deste famoso transmissor de FM  que se chama Veronica. O circuito é simples, ele é um transmissor de FM que não utiliza  circuitos integrados e é conhecido por sua extrema estabilidade de frequência e um sinal  de FM limpo e claro.

O transmissor de FM Veronica é originalmente concebido para ter uma saída de 1 Watt, mas na Internet você vai encontrar diversas variantes do circuito, e com potências que podem chegar a 10 Wattse com circuito oscilador PLL. Vamos apresentar aqui o projeto original do transmissor Veronica, com saída de RF de 1 Watt.

Veronica o Transmissor de FM

Esta versão do transmissor de FM está equipado com um mini-misturador ( mixer ) e assim você não precisa usar um mixer externo. O Mixer consiste do  transistor T1 que amplifica o sinal do microfone antes de ser combinado com o sinal que vem da entrada “cd-player” que pode ser um dispositivo tocador de MP3, iphod, pc, telefone celular  ou qualquer outro dispositivo tocador de música. R1 e R2 são potenciômetros , e são eles que vão ajustar o nível do som das entradas.

Circuito do Transmissor de FM Veronica
Circuito do Transmissor de FM Veronica

O oscilador de RF  do Veronica “aparentemente” é complexo, ele vai de R8  até o C21. D1 é um diodo varicap, C12, C13 e  L1 são os componentes do oscilador que vão determinar a frequência do transmissor. Na verdade são dois osciladores que trabalham na frequência de 50 MHz em oposição de fase e os dois sinais são combinados para formar o sinal de rádio FM na frequência de 100MHz.

Este tipo de circuito oscilador é que torna o transmissor Veronica estável. Na etapa final  T4, um transistor  2N4427 é um amplificado de RF que faz o sinal chegar até 1Watt facilmente. O circuito também vem com um medidor de saída de RF que é composto por D5 e T5, que vai ajudar a afinação e a verificação se o circuito está transmitindo, quanto mais a saída de RF  é elevada,  mais brilhante vai ser o LED D5.

Lista de Componente

R1, R2  potenciômetro 10k
R3 820k
R4 4.7k
R5–7 + 19 220r
R8 1.5k
R9 15k
R10 + 11 1k
R12 33k
R13 + 14 56r
R15 + 16 68k
R17 47R
R18 270R
R20 10k
C1, C2,C 7, C16, C17, C19,C24, C29 e C31 de 1n
C3,C5 e C8 10uF Eletrolítico 25 Volts
C6, C18 e C30 de 220uF Eletrolítico 25 Volts
C9, C10 e C20 10n
C11 22p *
C12 47p *
C13 22p trimmer
C14 C15 * 15p
C21, C25 e C26 65p trimmer
C22 100p
C23 5.6p
C27 e C28 1.8p
D1  (VARICAP ) KV1310
D2 e D3 1N4148
D4  LED
D5 1N4001
T1 e T5 BC548
T2 e T3 BF494
T4 2N4427
7815
7805

Obs.: Os Capacitores, Se não for mencionado o tipo, utilize tipos de cerâmica ou mica. * C11, C12, C14 e C15 afetam a freqüência, para obter melhores resultados, use os capacitores de alta qualidade.

Bobinas

Na realidade L1 é composto por 6 bobinas separadas e iguais  que se juntam na PCI,  certifique-se que as 6 bobinas são  idênticos o quanto possível, se tiverem  muitas diferenças, o transmissor pode gerar um sinal deficiente. O fio da bobina é em American Wire Gauge (AWG).

L1 – 6 bobinas com 2 voltas de fio 1mm (18AWG)  com 5 milímetros de diâmetro e comprimento de 5 milímetros com  núcleo de ar .
L2 – 3 voltas de fio 1mm (18AWG) com 7 milímetros de diâmetro, comprimento 7 milímetros com núcleo de ar.
L3 – 4 voltas de fio 1mm (18AWG) com  5 milímetros de diâmetro, comprimento 7 milímetros com núcleo de ar.
L4 – 6 voltas de fio 1mm (18AWG) com 5 milímetros de diâmetro,  comprimento 10 milímetros com núcleo de ar.

Bobina
Modo certo de enrolar a Bobina

O choque de RF, H1  pode ser feito com um resistor de 33K Ohms, com um fio esmaltado de 0,2 milímetros de 1/2 m de  comprimento enrolado em torno do resistor e soldado em seus terminais. Já os diodos varicaps,  D1 é um “dual varicap” (com catodos de frente). Mas não é um componente critico,  quase qualquer diodo varicap vai servir. Mas para mudanças de componentes como do diodo varicap, você pode precisar reajustar o circuito, para isso você pode  aumentar o valor de C11.

Montagem do Transmissor Veronica

O transmissor deve ser construído em uma placa de circuito impresso de fibra, os componentes devem ser colocados o mais perto da placa possível, com terminais curtos e bem soldados. T4 está espaçado dos outros componentes por necessitar de um dissipador de calor.

Abaixo o  layout da placa de circuito impresso do transmissor de FM Veronica.

PCB Transmissor de FM
PCB Transmissor de FM

Abaixo a colocação de componentes na placa de circuito impresso do transmissor de FM Veronica.

PCB componentes do Transmissor de FM
PCB componentes do Transmissor de FM

Abaixo uma placa de circuito impresso do transmissor de FM Veronica montada.

Placa do transmissor de FM montada
Placa do transmissor de FM montada Via: electronics-diy.com

As conexões de microfone e CD devem ser feitas com conectores  3,5 mm e para a saída de antena use conector BNC . O transmissor de FM deve ser montado em uma caixa de metal blindado ligado à terra do circuito. Você pode fazer alguns pequenos furos na tampa por cima, para garantir a circulação de ar sobre o dissipador de calor do transistor.

A tensão de alimentação é entre 9 e 16Volts,  sendo que com 16Volts a potência de saída de RF é de 1 Watt  e em 12Volts é 600mW e em 9Volts é de 200mW.  Use uma boa fonte de alimentação ou Bateria para evitar o surgimento de ruídos e variações de frequência.

Uma parte importante do projeto é  a antena, que deve ter um conjunto antena e cabo com a mesma impedância, e que este se adapte o transmissor. Geralmente essa é a parte mais frágil do sistema transmissor, com uma boa antena e cabo você com certeza vai enviar toda a potência do transmissor para o ar.

Já uma antena mal feita, um cabo velho, conexões mal soldadas e sistema sem “casamento” a perda na transmissão é grande e esse sinal “não irradiado” volta para o transistor causando a sua queima. Este pequeno mas eficiente  transmissor de FM tem uma impedância que normalmente fica entre 50 ou 75 ohms, isso quer dizer que se a antena tiver uma impedância de 75 Ohms o cabo também tem que ter essa impedância.

Conclusão e ajustes do transmissor de FM

1 – Para ajustar qualquer tipo de transmissor é recomendado o uso de uma carga fantasma, você pode usar um resistor ou pack de 47 ohms, 50 ohms ou 68 ohms  (não indutivos) ou pode fazer essa carga fantasma de até 10 Watts, lembrando que nosso transmissor tem apenas 1 Watts. No caso de usar o resistor, solde-o na saída da antena, em paralelo com o capacitor C26.

2- Com uma chave coloque todos os capacitores trimmers na posição central, ou seja no meio de seu curso.

3- Conecte  um sinal de áudio à entrada de CD.

4- Ligue a alimentação ao transmissor de FM.

5- O LED D5 deve ficar levemente aceso, caso permaneça apagado  tente ajustar C21, se mesmo assim não acender verifique o circuito se não existe erros. O transmissor vai transmitir em torno de 98MHz.

6 – Com uma chave de fenda ou de ajuste, não metálica ou de cabo isolado, comece a  sintonizar C21,C 25 e C26 para o brilho máximo do LED. Repita alternando essa sequência.

7- Após obter o melhor rendimento do transmissor de FM, você vai fazer a sintonia da frequência desejada, no trimmer C13. Faça isso cuidadosamente para cima ou para baixo (depende de qual frequência você pretende usar) até que o LED escureça, mas não apague completamente.

8- Em seguida, ajuste novamente os outros trimmers C21, C25 e C26 até que o LED alcance o maior brilho novamente. repita os iténs 7 e 8 até chegar a freqüência desejada.

9- Verifique com um rádio receptor ou frequencímetro  se você está a transmitindo  na frequência desejada.

10 – Se você tiver problemas em alcançar a frequência desejada, principalmente as extremidades da banda de FM, tente trabalhar a bobina L1. Com cuidado, aperte apara juntar mais as espiras para baixar a freqüência ou aumentar o espaçamento das espiras para subir a frequência. Certifique-se que as seis bobinas estejam idênticas.

11- Não fique chateado ou decepcionado se o transmissor de FM não funcionar no início, transmissores geralmente requerem um pouco de paciência, RF é um tanto crítico e não perdoa iniciantes.

Modificações do transmissor de FM

O transistor original de saída do Transmissor de FM Veronica é um 2N4427que tem uma saída de 1 Watt, mas usuários que utilizaram o trasistor 2N2219A tiveram um resultado melhor, com uma saída de 2 Watts.  Melhor ainda é substituir pelo transistor 2N3866, são  4 Watts de saída com uma tensão de 15Volts.

Leia-me

Atenção! Esse equipamento é para ser usado dentro das devidas restrições, equipamentos para radiodifusão são restritos e proibidos. Leia o termo de responsabilidade do Site e não esqueça que atividades de telecomunicação clandestina é um crime previsto na Lei 9.472/97, artigo 183, ou seja fazer o transmissor e usar são a mesma coisa, pois recaem em um mesmo crime segundo a lei.

Art. 183. Desenvolver clandestinamente atividades de telecomunicação: Pena – detenção de dois a quatro anos, aumentada da metade se houver dano a terceiro, e multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais). Parágrafo único. Incorre na mesma pena quem, direta ou indiretamente, concorrer para o crime. O Código Penal também prevê o crime no artigo 336.

Esse esquema aqui apresentado é de transmissor VHF e deve ser usado somente para testes e fins educativos e nunca como rádio pirata.  Caso queira começar com algo mais simples, sugiro o Micro Transmissor de FM( Spy Bug SMD) ou Micro Transmissor de FM (O Espião).

[Fonte]
Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]