Home » Circuitos » Detector de Íons

Detector de Íons

Muitos usuários questionam o funcionamento dos detectores de metais de longa distância, os famosos LRL (long ranger locators), outros pedem esquemas e circuitos eletrônicos destes detectores. Bom, vou deixar claro que estes detectores de metais não funcionam, isso é o que eu penso, uma opinião particular, baseada em testes.

Normalmente estes detectores funcionam baseados na detecção de íons e não do campo magnético, isso seria a razão destes equipamentos conseguirem detectar metais como o ouro a longa distância, ou seja a centenas de metros .

Se você quer circuitos eletrônicos de detectores de metais baseado na tecnologia de detecção por campo magnético veja os artigos Detector de Metal Super Simples, Circuito de Detector de Metal Simples e Potênte, PI Polonês – Construa seu Detector de Metal, Circuito de Detector de Metal Caseiro, Circuito Detector de Metal usando 4011, Simples Circuito Detector de Metal com IC 555 Detector de metal BFO.

O Detector de Íons

Neste artigo vamos apresentar um detector de íons simples, aproveito  indico para os amantes de detectores de metal LRL, que é o fórum http://www.longrangelocators.com , de onde tirei este circuito eletrônico que foi publicado pelo usuário “J Player”.

Este circuito de detector de íons é baseado nos projetos de detectores de eletricidade estática como o do circuito abaixo que foi publicado no artigo Detector de Eletricidade Estática.

Circuito Detector de eletricidade estatica

Este circuito utiliza a alta impedância de entrada de um transistor FET, e também demonstra a sensibilidade do seu terminal de gate a mudanças na tensão.

O terminal gate do FET aqui é deixado em circuito aberto, apenas ligado à uma placa metálica ou a uma antena telescópica. Abaixo a versão mais sofisticada do detector de íons.

detector de íons

Este detector é capaz de detectar íons no ar perto de pequenas fontes, ele é sensível por causa do transistor FET, que lhe dá uma alta impedância e bom ganho.

Segundo o criador o ideal é usar fones de ouvido, mas pode ser modificado para utilizar um auto falante, basta acrescentar um amplificador de áudio simples. Ele ressalta que não testou a fundo e que resistores ao redor do transistor Fet devem ser testados.

A parabólica pode ser feita de uma tampa de panela ou uma bacia, o ideal é que seja de alumínio com 30 cm de diâmetro. O ajuste deve ser entre 12 Volts e 18 Volts através do potenciômetro de 20K Ohms, os demais potenciômetros regulam a sensibilidade.

Acredito que este dispositivo funcione, mas não tem seletividade entre Eletricidade Estática e Íons, mas vale a pena sua construção pela questão do aprendizado.

Detector de Íons

Este circuito abaixo é de um Detector de Íons mais elaborado, chamado de Detector de Íons IVCONIC também postado no  fórum LRL . Segundo o próprio usuário que publicou:

O circuito as variações elétricas captadas pela antena são amplificadas e enviadas diretamente para o alto-falante. Isto significa que você pode ouvir apenas variações na faixa de áudio que são detetadas na antena.

O galvanômetro mostra a amplitude das variações de sinal de áudio e não-áudio.  Existem 4 controles que permitem ajustar a quantidade de carga sobre a parabólica e para ajustar a sensibilidade e a frequência que você está captando na antena.

 Detector de Íons

Isto significa que você está medindo apenas relativas mudanças no sinal que você deseja, não o valor absoluto do sinal.  No entanto, se os controles são deixados com as mesmas configurações, você verá a mudança relativa em sinal de um sensoriamento local para outro e de um momento para outro.

A finalidade básica do circuito que é conectado na parabólica é deixar ela com uma tensão positiva e facilitando a captação de íons negativos na antena telescópica. O transformador usado é um  transformador de uma placa de modem da Motorola.

Tanto a antena telescópica quanto a parabólica deve ter 30 cm. O amplificador diferencial do circuito tem 3 potenciômetros, um para controlar o feedback, e dois que ajustar a saída de sinal que alimenta  o próximo estágio que é a do amplificador.

O ICs 3 que inicialmente detetam o sinal da antena são projetados para criar um sinal diferencial do único sinal a antena, podendo criar um atraso de curto espaço de tempo, além de inverter a polaridade do sinal, dependendo dos valores dos componentes em torno dos circuitos integrados.

Se isso for verdade então este atraso pode ser pensado como uma mudança de fase para qualquer freqüência que pode ser captada na antena.

Os graus de mudança seriam definidos pela frequência, se esta parte do circuito foi criada para atuar como um atraso, então ela pode ter uma influência significativa sobre o funcionamento do detector de íons.

Algumas considerações giram em torno de que se está medindo variações elétricas perto de uma parabólica carregada eletricamente. Não use roupas sintéticas, procure usar roupas feitas de algodão, além disso e importante manter todos os outros objetos que possam criar ou se carregar com cargas estáticas longe do detector.

Obs.: Se alguém for construir estes circuitos procure informações com o idealizador, não garanto que eles funcionem como detector de íons ou LRL.

[Fonte]
Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]