Home » Circuitos » Pisca-pisca com LED de alto Brilho

Pisca-pisca com LED de alto Brilho

O Led é um dos componentes mais emblemáticos e que traz grandes dúvidas a todos, em breve estarei escrevendo um artigo detalhado sobre esse semicondutor que emite luz, o famoso LED.

Primeiro tenha em mente que o Led é igual a uma lâmpada incandescente, com uma desvantagem, o LED só vem em uma tensão e a lâmpada pode ser encontrada em quase todas as tensões.

Do resto o Led é só ponto positivo, valendo a pena a substituição da lâmpada pelo Led. Os Leds tem uma tensão de trabalho bem baixa, por exemplo de 1.8 Volts a 3 Volts e uma corrente também baixa, cerca de 20 mA.

Como na maioria dos circuitos a alimentação é maior que 5 Volts, caímos  em um grande problema, temos que reduzir a corrente e tensão, para isso usaremos um limitador de corrente, que não é nada mais que um simples resistor com o valor correto para adaptar o Led a alimentação.

Pisca-pisca com LED de alto Brilho

Vamos ao que interessa, o nosso circuito, um pisca-pisca com LEDs de alto Brilho, estes Leds iluminam muito mais que os Leds comuns e com um pouco mais de consumo. Ele foi projetado como um pisca-pisca de alerta e originalmente foi montado em uma bicicleta.

Pisca-pisca com LED de alta Intensidade

O legal deste pisca-pisca é que durante o dia, as duas células solares de 1,6 Volts carregam as duas pilhas AA de 2x 1.2 Volts.  As duas células solares podem ser substituídas por motores geradores, ou até mesmo um gerador eólico que aproveita a energia do vento quando a bicicleta está em movimento.

O problema desta modificação é que o circuito passa a não ser mais automatizado e as luzes vão piscar permanentemente.

No projeto com as células, quando anoitece, na escuridão, a tensão das células solares desaparecem e a tensão das baterias de energia automaticamente são desviadas para o circuito pisca-pisca através de T1.

A frequência do pisca (flash) é de cerca de um por segundo (1Hz), mas pode ser modificada substituindo os capacitores eletrolíticos (C1 / C2)  por outros valores.

Os LEDs brancos só são recomendados, se o circuito é usado como uma luz dianteira de bicicleta e LEDs vermelhos apenas quando utilizado como uma lanterna traseira.

[Fonte]
Nova Eletrônica - Circuitos e projetos Eletrônicos grátis
Nota Importante: Para perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões utilize a página de contato .
[ Clique Aqui! ]